Os três tipos de foco que te levarão ao sucesso

Atualizado: Set 8

É claro que você já ouviu inúmeras vezes que para ter sucesso você precisa ter foco. E que a alta performance só é possível através do foco. Não foi? E realmente isso faz muito sentido e é uma tese que eu acredito muito. Embora já tenha lido opiniões interessantes dizendo o oposto... E que também fazem sentido... (mas não é esta discussão que que focar aqui...rs)



Partindo dessa premissa de que o foco é o catalizador do sucesso, será que é claro para todos o que é foco?


E será que o foco é apenas de um tipo único, indestrutível e indiscutível?


Parece óbvio, mas o conceito de foco não é tão óbvio assim. Eu mesmo já saí de uma reunião de trabalho com dezoito pontos que foram apontados como foco de ação. Isso mesmo em dezoito vezes, alguém falou algo do tipo: “vocês precisam focar nisso”. Acho que a palavra foi distorcida, né?


Se perguntar ao seu amigo Google, ou procurar nos muitos livros sobre gestão, ou até mesmo nos dicionários (eles ainda existem), você vai encontrar inúmeros conceitos para a palavra. Eu particulares escolhi pra mim o melhor a partir do livro "FOCO" de Daniel Goleman (aquele mesmo da inteligência Emocional) e que resume a palavra foco na capacidade de dar uma real atenção a algo.


Mas simples assim? Existe mais de um tipo de foco?


Segundo Goleman, “líderes precisam de três tipos de foco. O foco interno nos põe em sintonia com nossas intuições, nossos valores principais e nossas melhores decisões. O foco no outro facilita nossas ligações com as pessoas das nossas vidas. E o foco externo nos ajuda a navegar pelo mundo que nos rodeia”.


Acho interessantíssima esta classificação, e vale muito a pena explorá-la... Então sugiro que leiam o livro dele. Mas quero propor aqui, outra classificação que acredito que irá, sob um outro olhar, também direcionar muito a sua atenção para conduzi-lo à Alta Performance.


E eu também proponho três tipos de foco:


1 – MACROFOCO


Vou chamar de macrofoco, aqueles temas que deverão tomar sua atenção no logo prazo. Por exemplo, aqueles temas que você decide nas suas resoluções de ano novo ou aquelas grandes linhas do seu planejamento pessoal e que você acompanha todos os dias. (Não faz isso ainda? Foque nisso!)


Estes são os pontos que estão diretamente ligados ao seu propósito, às grandes metas da empresa ou equipe que você lidera, ao legado que você quer deixar para o mundo e às realizações pessoais que você deseja.


A partir dos seus macrofocos, o líder constrói planos de ação divididos em meses, semanas, dias e horas e a partir deles aplica os outros dois tipos de foco.


2 – HIPERFOCO


O hiperfoco é aquele foco que damos a um determinado tema em um determinado período da vida. Eu, por exemplo, já tive vários hiperfocos na vida e nem sempre eles estão relacionados à minha atividade principal. Ele pode estar relacionado apenas à algo que eu gosto e que é importante para contrabalancear a dedicação de tempo e energia nos outros temas, evitando o esgotamento físico e mental.


Isso acontece quando você investe tempo e atenção para se tornar DILETANTE naquele assunto. Ou seja, mergulhar e conhecer muito dele, se ocupando dele por prazer e não por obrigação. E acaba se tornando naquilo melhor que a grande maioria dos amadores, mas não a ponto de ser um profissional do tema.


Já tive hiperfoco em capoeira, música popular brasileira, corrida, política e atualmente estou dentando hackear o marketing digital... Alguns duraram mais, outros menos, mas sempre foram mergulhos extremamente profundos e prazerosos.


Quando estava mergulhado na corrida por exemplo, comprei livros, entrei em fóruns de discussão, ouvia vários podcasts sobre isso, conversava com professores e nutricionistas, treinava sério, participava de muitas provas... O conhecimento e a paixão pelo tema ficaram, mas hoje o mergulho é bem mais raso.


3 - MICROFOCO


Este terceiro foco é aquela atenção 100% concentrada e livre de distrações por alguns minutos em uma tarefa específica. Aquelas que praticamos no método pomodoro.


Com o microfoco é possível concluir tarefas com maior qualidade e rapidez e é mais fácil alcançar o estado de flow que levará a uma espécie transe pelo prazer da execução.


No microfoco, o mito da multitarefa é deixado de lado e encontramos o prazer de fazer e concluir aquilo que nos propomos.



Esta é uma proposta minha de classificação e que direciona um olhar para a evolução rumo a Alta Performance. Entendendo e se aproveitando de cada um destes tipos é possível dar clareza e ritmo nas suas realizações e assim atingir o sucesso, no que sucesso significa para você mesmo.


Com esta clareza, fica mais fácil dizer não quando alguém te disse que isso ou aquilo deve ser focado. E possibilita pensar (já que falar pode soar agressivo): "Não faça da sua prioridade a minha prioridade”.



Allan Cabral Pimenta

Visite também:

https://www.facebook.com/AcpDesenvolvimentodelideres/

#foco #microfoco #macrofoco #hiperfoco #altaperformance

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Blogger Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey YouTube Icon